A polícia alemã deteve quatro homens por ligações a atos terroristas, sendo que um deles e´suspeito de ter planeado ataques a participantes e espectadores da meia-maratona de Berlim, este domingo. A notícia é avançada pelo jornal Die Welt.

Segundo o mesmo jornal, os quatro suspeitos estão ligados a Anis Amri, o homem que atacou um mercado de Natal em dezembro de 2016, provocando 11 mortos e dezenas de feridos.

O principal suspeito, cuja identidade não foi revelada, teria várias facas "muitíssimo afiadas " para serem usadas na tentativa de ataque.

A polícia confirmou à agência de notícias DPA que as detenções estão relacionadas com a meia-maratona, mas não deu mais pormenores sobre o assunto.

A meia-maratona de Berlim decorreu este domingo, tendo o atleta queniano Erick Kiptanui igualado a quinta melhor marca de sempre na meia-maratona e o melhor tempo do ano, ao correr a competição em 58.42 minutos.