Israel demoliu esta terça-feira pelo menos uma casa pertencente a um palestiniano que atacou israelitas, relataram testemunhas, depois de o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ter prometido pulso firme perante a crescente agitação.

Um jornalista da AFP viu uma casa com o interior destruído em Jerusalém oriental e testemunhas indicaram que se tratava da antiga residência de Ghassan Abu Jamal.

Armado com cutelos e um revólver, Abu Jamal e o seu primo mataram quatro rabinos e um polícia antes de serem abatidos em novembro de 2014.