Quando tinha apenas 5 anos, Xu Jianmei, perdeu as pálpebras, o queixo e parte da orelha direita num incêndio. Esta quarta-feira, quando tem agora 17 anos, Xu viu a sua face reconstruída após uma cirurgia de reconstrução inovadora no hospital de Fuzhou, província de Fujan, na China, avançou a agência Reuters.

O procedimento passou por recolher tecido de uma perna de Xu, que foi depois desenvolvida no seu peito, antes de ser transplantada para a cara da jovem. Segundo os médicos a cirurgia foi bem-sucedida e os hematomas devem desaparecer dentro de algumas semanas.

«Primeiro extraímos o tecido da sua perna, de maneira a que se pudesse expandir e produzir o suficiente para um rosto novo», disse o cirurgião encarregue da operação, Jiang Chenghong, numa conferência de imprensa concedida este mês.

A última fase da operação foi concluída na semana passada, 12 anos após o acidente, pois os pais da vítima não tinham possibilidades para pagar os custos.

«Com o novo rosto, Xu poderá expressar-se de maneira mais precisa. Poderá, até, ficar com a face avermelhada quando se emocionar», garantiu o cirurgião, afirmando, no entanto, que «pode levar muito tempo» até que se chegue a esse ponto de recuperação.

Este transplante ocorre no seguimento de um outro em setembro, na mesma região, altura em que um homem recebeu um nariz novo «cultivado» na sua testa, com tecido retirado das suas costelas.

Transplantes deste género são relativamente raros e, segundo o «G1», só se realizaram 10 até hoje em toda a China.