A polícia belga e várias equipas de bombeiros estão junto à maior mesquita de Bruxelas, esta quinta-feira, depois de um pó suspeito ter sido encontrado no edifício. As autoridades acreditam que se pode tratar de anthrax e, por isso, estabeleceram um perímetro de segurança,  de acordo com a agência Reuters.

A mesquita, no exterior do Centro Cultural Islâmico da Bélgica, fica situada a apenas 200 metros das instalações da Comissão Europeia.

Uma porta-voz das autoridades contou à agência Reuters que recebeu uma chamada de uma pessoa que se encontrava na mesquita a dar o alerta. Em causa estava um pó suspeito que o indivíduo temia ser anthrax.

Os jornais belgas avançam, entretanto, que o pó foi encontrado em vários envelopes. Uma informação que, para já, carece de confirmação oficial.

A Bélgica tem estado em alerta desde os atentados em Paris, a 13 de novembro, que fizeram 130 mortos. As ameaças de terrorismo levaram mesmo as autoridades belgas a fazer várias rusgas e detenções e a fechar escolas, universidades e transportes públicos.