A Polícia da República de Moçambique (PRM) da Beira, centro, anunciou a detenção de dois paquistaneses, acusados de envolvimento no sequestro de um menor de oito anos, ocorrido em meados do mês na segunda maior cidade do país.

Na sua edição desta sexta-feira, o Diário de Moçambique, da Beira, identifica os suspeitos como cidadãos do Paquistão, e citando alegadas confissões à PRM, refere que o grupo de sequestradores inclui três moçambicanos, e é liderado por um comerciante.

O menor foi sequestrado no dia 16 de janeiro, quando uma nova vaga deste tipo de crime afetou o país, mas não foram dadas informações sobre a sua atual situação.