Pelo menos 42 pessoas continuam desaparecidas após o naufrágio de uma embarcação de madeira na costa da Malásia quando seguia com 97 imigrantes indonésios indocumentados a bordo, revelou o diário «The Sta»¿.

Pouco tempo depois do acidente, as autoridades tinham anunciado que 66 dos passageiros da embarcação estavam desaparecidos, mas as equipas de resgate e outras embarcações que acudiram ao local conseguiram resgatas 55 passageiros, fazendo cair o número de desaparecidos para 42.

«Um barco de madeira com 97 pessoas naturais da Indonésia afundou perto de Bantingg», disse Mohamad Zuhri, porta-voz da agência Marítima da Malásia.

O mesmo responsável, citado pela agência AFP, disse que 31 pessoas tinham sido salvas pelas equipas que entretanto chegaram ao local.

O naufrágio aconteceu durante a noite o que dificulta as operações de resgate no Estreito de Malaca.