O programa de entretenimento «Colbert Show», que mistura números de humor com entrevistas a figuras públicas teve, na segunda-feira, um convidado especial: Barack Obama.

Obama não é um estreante neste programa de televisão, mas este será, com certeza, recordado durante muito tempo. Especialmente, pelo próprio Stephen Colbert, anfitrião e apresentador do programa que viu o presidente fintar o guião e assumir o seu papel, ao sentar-se na sua cadeira.

Barack Obama entrou em estúdio antes da hora e tomou o lugar de Colbert quando ele se preparava para interpretar um sketch com piadas sobre a atualidade. Obama sentou-se e começou a ler o teleponto destinado a Colbert, para grande espanto deste.
 
 

Como nestes programas impera o bom humor, tudo foi levado com fair play. Mais à frente, lá trocaram de papéis e Obama sentou-se na cadeira de entrevistado e Colbert vestiu a pele de entrevistador. Uma conversa descontraída em que se confundiram assuntos sérios e menos sérios, o presidente e o pai de duas filhas adolescentes.

Esta não foi a única aparição na televisão do Presidente dos Estados Unidos. Numa entrevista gravada e emitida na segunda-feira no canal Black Entertainment Television, Barack Obama veio uma vez mais a público pronunciar-se a propósito das manifestações contra o racismo que eclodiram no país.