Obama está em visita oficial ao Quénia, a terra onde nasceu o seu pai, e inaugurou em Nairobi a Cimeira Global de Empreendedorismo, perante a qual assegurou que o crescimento africano beneficiará os outros continentes.

 

Durante o discurso recordou que os empreendedores “entendem que as boas ideias não dependem do apelido ou da procedência”, apesar de que há muitas comunidades e grupos de população que estão fora deste tipo de oportunidades.

Obama participará na Cimeira, organizada de forma conjunta pelos EUA e pelo Quénia, e depois renderá homenagem às vítimas e sobreviventes dos atentados de 1998 contra as embaixadas norte-americanas em Nairobi e na Tanzânia, nos quais morreram 229 pessoas.

Também se reunirá com Uhuru Kenyatta, que lhe oferecerá uma ceia de Estado, de acordo com a Casa Branca.