Barack Obama aproveitou a sua estadia em Hanói, no Vietname, para participar no programa de televisão de Anthony Bourdain. Entre a comida local e uma cerveja gelada, o presidente norte-americano conversou com o famoso chef de cozinha sobre a sua visita ao continente asiático, que passa também por Hiroshima.

Apesar de estar habituado aos luxos da Casa Branca, foi sentado num banco de plástico, num restaurante sem a sofisticação dos ambientes que a agenda exige, que Obama jantou com Anthony Bourdain. Seis dólares (pouco mais de cinco euros) foi quanto custou a refeição que incluiu noodles - massa típica da Ásia - e uma cerveja gelada.

O jantar serviu de mote a uma conversa que será transmitida no programa de Bourdain, “Parts Unknow”, exibido na CNN desde 2013.

O episódio com Obama, que faz parte da oitava e nova temporada, só irá para o ar em setembro, poucos meses antes das Presidenciais dos Estados Unidos, mas já é possível ter um cheirinho do que aí vem. É que o conhecido chef, que percorre o mundo à descoberta da cultura e dos sabores locais, divulgou imagens do momento nas redes sociais.

 

 

 

 

The President's chopstick skills are on point . #buncha #hanoi

Uma foto publicada por anthonybourdain (@anthonybourdain) a

Obama iniciou no domingo uma visita ao continente asiático que se prolonga até 28 de maio.

Em Hanói, Obama anunciou esta segunda-feira o fim do embargo da venda de armas norte-americanas ao Vietname - uma das consequências da guerra que opôs os dois países entre 1955 a 1975.

O Presidente norte-americano vai estar também em Hiroshimacidade japonesa que foi atingida por um ataque nuclear norte-americano durante a Segunda Guerra Mundial.