A Amnistia Internacional denunciou a prisão de seis dissidentes do Governo do Vietname, numa altura em que o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, está a realizar uma visita oficial ao país.

Segundo a organização, as autoridades vietnamitas levam a cabo uma campanha de intimidação contra dezenas de ativistas, a qual restringe a liberdade de expressão e de reunião pacífica.

Obama chegou ao Vietname na noite de domingo e na segunda-feira reuniu com o seu homólogo vietnamita, Tran Dai Quang, com o primeiro-ministro, Nguyen Xuan Phuc, e com o secretário-geral del Partido Comunista, Nguyen Phu Trong.