Antes de deixar a Casa Branca, Barack Obama escreveu uma carta ao seu sucessor, Donald Trump, cujo conteúdo foi mantido em segredo até agora. A carta foi agora revelada pela CNN e nela Obama deixa quatro conselhos ao sucessor.

Nesta carta escrita à mão, Obama começa por felicitar Trump pela vitória nas eleições, sublinhando que milhões de norte-americanos “depositaram nele as suas esperanças”. O antigo presidente norte-americano deixa algumas reflexões sobre os oito anos que passou em Washington e quatro conselhos fundamentais.

Primeiro, lembra o magnata do imobiliário que nem todos os norte-americanos tiveram a sorte de ambos, que nasceram em ambientes “afortunados”, frisando que cabe ao presidente abrir caminhos para o sucesso das famílias trabalhadoras.

Depende de nós fazer tudo o que for possível para construir escadas de sucesso para cada criança e cada família que estiver disposta a trabalhar.”

Depois, sublinha a importância da posição dos Estados Unidos no mundo, afirmando que está nas mãos de Trump manter a ordem da qual dependem a riqueza e segurança do país.

Num terceiro conselho, Obama relembra que, tal como ele, Trump é apenas um "ocupante temporário" da Casa Branca e que, por isso, lhe cabe deixar as instituições e tradições democráticas no mínimo tão fortes como as encontrou.

Por fim, e políticas à parte, o ex-presidente nota que, apesar da importância do cargo, Trump deverá ter sempre tempo para a família e amigos e que são estes que o vão ajudar a ultrapassar as fases mais complicadas.

Obama termina o texto dizendo que ele e Michelle desejam o melhor ao novo casal presidencial, garantindo que estarão sempre prontos para ajudar.