Os manifestantes pró-governamentais na Tailândia começaram hoje a concentrar-se em Banguecoque em protesto contra a vontade dos partidários da oposição em instalar um Governo não eleito após a destituição da primeira-ministra Yingluck Shinawatra.

Depois dos «camisas amarelas», apoiantes da oposição, terem ocupado as ruas de Banguecoque durante seis meses para fazerem cair o Governo de Yingluck Shinawatra, demitida quarta-feira pelo Tribunal Constitucional por abuso de poder na nomeação de um alto funcionário, agora é a vez dos «camisas vermelhas», apoiantes de Shinawatra defenderem o Executivo.

Além de Yingluck, o Tribunal afastou outros nove ministros, deixando o poder a Niwattumrong Boonsongpaisan, um leal do clã Shinawatra.