O rei da Tailândia, Bhumibol Adulyadej, morreu esta quinta-feira aos 88 anos, anunciou o palácio real, num culminar de uma série de problemas de saúde que se arrastavam há quase um ano.

Bhumibol Adulyadej era o monarca há mais tempo no poder e venerado na Tailândia, onde é visto como uma figura unificadora no país marcado por rivalidades políticas.

O monarca estava internado no hospital Siriraj, em Banguecoque, no exterior do qual estavam concentradas há dias centenas de pessoas a rezar pela saúde do rei.