Os EUA conseguiram que vários banqueiros se tornassem «informadores» no quadro dos inquéritos em curso sobre manipulações da taxa de juro Libor e do mercado cambial, anunciou esta quarta-feira o ministro da Justiça, Eric Holder.

O Ministério conseguiu assim obter informações que lhe vão permitir iniciar nos próximos meses processos penais contra grandes figuras da finança, acrescentou Holder, que discursava na Universidade de Nova Iorque.

«Fizemos muitos progressos nos dossiês sobre práticas que minaram a integridade dos nossos mercados (financeiros) e vamos iniciar os processos nos próximos meses», adiantou.