A destruição de armas químicas na Síria está a decorrer dentro dos prazos previstos, apesar de os inspetores ainda não terem visitado todos os locais, disse hoje o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

«A destruição da capacidade declarada da República Árabe da Síria deverá estar concluída, como o previsto, a 1 de novembro», disse Ban Ki-moon, num relatório destinado ao Conselho de Segurança da ONU a que a agência France Presse teve acesso.

Os inspetores da Organização para a Proibição das Armas Químicas e das Nações Unidas estiveram até ao momento em apenas 21 dos 23 locais apontados pelo Governo do Presidente sírio, Bashar al-Assad, devido à evolução do conflito no país.