O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, disse estar «profundamente impressionado» com a espiritualidade e força física do ex-Presidente cubano Fidel Castro com quem esteve reunido terça-feira.

Numa conferência de imprensa após abrir a sessão plenária da II Cimeira dos Estados Latino-americanos e das Caraíbas (CELAC) em Havana, Ban Ki-moon salientou a força física e a «voz clara» de Fidel Castro.

Ban Ki-moon disse também estar «profundamente agradecido pela sua [de Fidel Castro] liderança» e pela «sua visão» e assinalou que acordaram manter o contacto para abordarem assuntos importantes.

No encontro, os dois líderes abordaram durante quase uma hora um vasto leque de temas internacionais desde o conflito da Síria até à crise em África.