Pelo menos três pessoas suspeitas de envolvimento no ataque de sexta-feira ao hotel Radisson Blu, em Bamako, no Mali, estão a ser “procuradas ativamente” pela polícia. A informação é avançada pela Agence France Presse, que cita uma fonte de segurança local.
 

"Procuramos ativamente três suspeitos que poderiam estar envolvidos no ataque de sexta-feira ao hotel Radisson", declarou a fonte ligada à investigação.

 
De acordo com o balanço oficial, o ataque terrorista em Bamako fez 21 mortos e sete feridos e foi já reivindicado pelo grupo de Mojtar Belmojtar, Al Murabitun, um grupo com ligações à Al-Qaeda.
 
As autoridades decretaram estado de emergência por um período de dez dias e luto nacional de três dias a partir de segunda-feira.
 
 
O sequestro no hotel Radisson durou quase 10 horas. Cento e setenta pessoas chegaram a estar em poder dos terroristas.