Os Estados Unidos viveram hoje um novo dia de manifestações em várias cidades contra a brutalidade policial, protestos que decorrem de forma pacífica em Baltimore, centro do conflito, mas que degeneraram em violência na vizinha Filadélfia.

Pouco antes do recolher obrigatório – às 22:00 locais, ou 03:00 em Lisboa – milhares de pessoas manifestam-se pacificamente nas ruas de Baltimore, como aconteceu na quarta-feira, em protesto pela morte do jovem negro Freddie Gray devido ferimentos que terá sofrido quando estava sob custódia policial.

Já em Filadélfia, a cerca de 170 quilómetros de Baltimore, foram registados confrontos entre manifestantes e policiais e as televisões norte-americanas mostraram imagens de grupos de manifestantes a empurrarem agentes cercados.

Filadélfia é a maior cidade do estado da Pensilvânia e a quinta maior dos Estados Unidos, tem 44% da população negra, parte da qual saiu à rua em solidariedade com os vizinhos de Baltimore.

Ao longo dos últimos dias foram várias as comunidades de cidades norte-americanas como Nova Iorque, Chicago e Oakland que saíram à rua em solidariedade com a população de Baltimore e contra a violência policial.