Testemunhas oculares descreveram esta segunda-feira «o momento terrível» em que um balão de ar quente se incendiou e caiu em Richmond, no estado da Virgínia, nos EUA, provocando três mortos.

As testemunhas no local afirmaram que a explosão aconteceu logo após o balão ter atingido um cabo de eletricidade, fazendo com que ele se separasse da cesta onde estavam os três passageiros. Quem estava no solo ouviu os pedidos de socorro dos passageiros.

«Eles gritavam a pedir que alguém os ajudasse», disse Carrie Hager-Bradley à WWBT TV.

Carrie Bradley, residente em Richmond, conta que viu duas das vítimas a saltar do balão depois de ele explodir em chamas. Uma das vítimas podia ser ouvida a gritar: «... Ajuda-me, ajuda-me, doce Jesus, ajuda-me. Eu vou morrer. Oh meu Deus, eu vou morrer». «Foi a coisa mais horrível que eu já testemunhei», afirma.

De acordo com a Sky News, as autoridades dos EUA encontraram entretanto o corpo da terceira vítima do acidente de balão que aconteceu na sexta-feira.

«Por volta das 11:00 (hora local), de domingo, foram descobertos os restos do terceiro ocupante do balão. [O corpo] estava a aproximadamente a 100 metros a norte de onde encontramos o segundo ocupante, no sábado», informou, em comunicado, a porta-voz da polícia da Virgínia, Corrine Geller.

As três pessoas morreram depois de o balão de ar quente onde estavam ter colido com cabos de alta tensão e se ter incendiado. De acordo com as autoridades, o acidente ocorreu por volta das 20:00 (hora local) a cerca de 48 quilómetros de Richmond.

O acidente aconteceu durante o «Mid-Atlantic Balloon Festival» que reuniria mais de 20 balões de ar quente no Meadow Park, em Caroline County. Os eventos do fim-de-semana foram cancelados.