Em Bagdade, no Iraque, 29 pessoas foram mortas num ataque de homens armados, sendo que 20 das vítimas mortais são mulheres.

Foi na sequência de um raide num bloco de apartamentos num subúrbio da capital iraquiana e ainda ninguém reivindicou a autoria do ataque.

No entanto, as milícias xiitas têm sido acusadas de lançar ataques deste género por residentes de Bagdade. Estas milícias visam sobretudo matar todas as mulheres que consideram ser prostitutas.