Três norte-americanos estão desaparecidos desde o fim de semana no Iraque. Os homens terão sido levados de um apartamento pertencente ao seu intérprete, no bairro Dora, em Bagdade, por um grupo armado, avança a CNN com informações das autoridades da capital iraquiana.

Outras informações avançadas pela agência Associated Press dão conta de que os norte-americanos foram levados para a cidade de Sadr após o sequestro, local onde as comunicações foram interrompidas.

A empresa onde os três empreiteiros trabalham denunciou, no domingo, que os homens estavam desaparecidos já há dois dias. Um oficial de segurança iraquiano disse à CNN que dois dos desaparecidos têm dupla nacionalidade iraquiana-americana.

O porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, John Kirby, disse em comunicado que estão "trabalhando com a plena cooperação das autoridades iraquianas para localizar e recuperar os indivíduos".

O bairro Dora fica na região sudeste de Bagdá e é conhecido por ser religiosamente misto, com moradores xiitas, sunitas e cristãos, por exemplo.