Uma mulher de Tampa, Flórida, EUA, disparou sobre o neto durante a madrugada desta terça-feira, pensando que se tratava de um assaltante, conta a Reuters.

O menino, de sete anos, ficou gravemente ferido, mas não corre risco de vida.

Linda Maddox estava a dormir na mesma casa que os seus netos gémeos, tendo o pai destes saído para trabalhar.

Pouco antes da uma da manhã, a mulher ouviu a cadeira que tinha colocado em frente à porta a mexer-se e, pensando que se tratava de um assaltante, pegou na arma que tinha no quarto e disparou.

«Segundos depois, ouviu os gritos do neto», diz o comunicado das autoridades.

A criança foi atingida na parte superior do tronco e está a receber tratamento no hospital.

O caso vem mais uma vez reacender a lei sobre o porte de armas nos Estados Unidos.