Um bebé nasceu a meio de um voo num avião da Jet Airways e recebeu, como presente, voos grátis para toda a vida. O momento aconteceu no domingo, durante uma viagem de Dammam, na Arábia Saudita, para Cochim, na Índia.

Segundo o jornal The Independent, trata-se de um nascimento prematuro, que fez com que o voo tivesse de ser desviado para Bombaim, depois da mãe da criança ter entrado em trabalho de parto a 10.668 metros de altitude.

Foi com a ajuda de um membro da tripulação e de um enfermeiro, que se encontrava a bordo, que o bebé nasceu saudável, antes da aterragem do Boeing 737.

Para a Jet Airways, uma companhia aérea indiana, foi a primeira vez que uma situação destas ocorreu. Como forma de presente, a companhia ofereceu voos gratuitos ao recém-nascido para o resto da vida.

De acordo com a BBC, a companhia aérea escreveu um comunicado a elogiar a equipa pela intervenção no momento.

A Jet Airways elogia a sua equipa pela rápida intervenção, salvando duas vidas, que acabou por revelar o sucesso do treino que teve numa ação de formação”.

Só no ano passado nasceram cinco bebés a bordo de aviões. Algumas das regalias oferecidas foram, por exemplo, voos grátis até aos 21 anos de idade (Virgin Atlantic), bilhetes de primeira classe para o 18º aniversário (British Airways) e 1.000 dólares, cerca de 900 euros (Jetstar Asia).