As autoridades indonésias anunciaram este sábado ter identificado no mar duas partes grandes do avião da AirAsia, que se despenhou no mar no domingo, com 162 pessoas a bordo.

«Com a descoberta de uma mancha de petróleo e de duas partes grandes do avião, posso assegurar-vos que estas são as partes do avião da AirAsia que estávamos à procura», afirmou o chefe da Agência de Busca e Resgate da Indonésia, Bambang Soelistyo, durante uma conferência de imprensa em Jacarta.

Agora, as equipas de resgate estão a utilizar os veículos subaquáticos para confirmar que se tratam de partes do aparelho que se despenhou no mar.

O Airbus 320-200 da companhia aérea de baixo custo malaia descolou no domingo da cidade indonésia de Surabaya, com 162 pessoas a bordo, com destino a Singapura.

As autoridades indonésias admitem que o avião da AirAsia estivesse a violar a sua licença no que diz respeito a horários, pelo que suspenderam a rota Surabaya-Singapura.
 
Até ao momento, foram recuperados 30 cadáveres do mar, incluindo dois que ainda estavam presos aos bancos. Ainda não há sinal das caixas negras.