Um Airbus A320 da Air Canada saiu este domingo da pista, durante a aterragem no Aeroporto Internacional de Halifax. Pelo menos 23 pessoas sofreram ferimentos ligeiros e tiveram de receber assistência hospitalar. De acordo com a companhia aérea, num post no Twitter, 18 dos feridos já receberam alta.

 
O avião realizava um voo doméstico proveniente de Toronto e tinha 137 pessoas a bordo.

Ainda não foram avançadas quaisquer causas para o incidente, mas uma forte queda de neve era esperada para a zona de Halifax durante a noite de sábado para domingo. Foi mesmo emitido um alerta pelos serviços meteorológicos para perigo de visibilidade reduzida.

 

 
O avião levava 132 passageiros e cinco tripulantes. Passageiros e tripulantes terão esperado cerca de uma hora na neve antes de serem atendidos. «Havia umas duas pessoas ensanguentadas. Elas foram capazes de sair (do avião), mas o pior é que nos deixaram uma hora do lado de fora, na neve», contou Lianne Clark, ao canal de televisão Canadian Broadcast Corporation.

 Os passageiros deixaram o avião « porque tinha começado a verter combustível» e tiveram medo de uma eventual explosão.

A secretaria de segurança dos transportes do Canadá abriu uma investigação para determinar as causas do acidente.