Várias amostras recolhidas em mercados da cidade continental chinesa de Shenzhen, vizinha de Hong Kong, foram testadas positivamente ao novo vírus da gripe aviária H7N9, o que confirma que o surto está agora também no sul do país.

De acordo com o diário de língua inglesa «South China Morning Post», que se publica em Hong Kong, três amostras recolhidas nos mercados de Shenzhen testaram positivo nas análises efetuadas e que foram feitas poucos dias depois de terem sido confirmados os primeiros casos de gripe da mesma estirpe em humanos na antiga colónia britânica.

A Comissão de Planeamento Familiar e Saúde de Cantão, capital da província de Guangdong, onde está localizada Shenzhen, estudou 70 amostras recolhidas em 13 mercados da cidade e depois de confirmar os casos positivos assinalou que o risco de contágio do vírus é alto na zona e apelou a cuidados redobrados pela população.