O autoproclamado Estado Islâmico (EI) lançou um canal de propaganda em português na internet.

O canal foi criado a 29 de maio e lançado esta quinta-feira. "Nashir Português" surgiu na aplicação Telegram, uma plataforma encriptada usada pelo grupo extremista para a troca de mensagens, vídeos e discursos oficiais do líder Abu Bakr al-Baghdadi.

As primeiras mensagens publicadas no canal português ligam a outros canais da organização extremista. Numa publicação recente surge o título “Que eles sobrevivam com prova”, que remete para um discurso traduzido do porta-voz do EI, Abu al-Adnani.

Na rede social Twitter, Rita Katz, diretora do SITE Intelligence Group, plataforma que monitoriza as ações do EI em todo o mundo, frisou que esta “é a primeira vez que existe um media jihadista em língua portuguesa”.

O uso correto da gramática portuguesa aponta para as novas intenções do autoproclamado EI, que poderão ter como objetivo recrutar novos militantes nos países de língua oficial portuguesa.

A ligação de Portugal ao grupo extremista tem ganho força nos últimos meses. Em fevereiro, um jovem lusodescendente foi identificado como locutor num dos vídeos do EI.

Steve Duarte Amieiro nasceu no Luxemburgo, é filho de emigrantes de Trás-os-montes e poderá fazer parte da organização terrorista. O jornal Expresso cita ainda Celso Rodrigues da Costa como outro cidadão português que pode estar relacionado com este novo canal.