As autoridades indonésias concederam hoje a liberdade condicional à australiana Schapelle Corby, condenada em 2005 a 20 anos de prisão por introduzir 4,2 quilogramas de marijuana na ilha de Bali, informou a imprensa local.

Schapelle Corby, de 36 anos, que foi detida em 2004 ao chegar a Bali com a droga escondida na sua bagagem, deverá permanecer na Indonésia até 2017 e respeitar os requisitos da sua liberdade condicional, bem como apresentar-se regularmente perante as autoridades locais.

As autoridades indonésias concederam na sexta-feira passada a liberdade condicional a Schapelle Corby, cuja defesa tentou demonstrar que a droga foi introduzida na sua mala no aeroporto de origem, em Brisbane, ou no de trânsito, em Sydney.