Duas pessoas morreram, depois de um homem ter iniciado um tiroteio à porta da esquadra da polícia de Sidney, na Austrália, esta madrugada. O ataque vitimou um polícia.

Os agentes dispararam contra o atirador, depois deste ter atingido um civil.

“Parece que um agente disparou, como resposta à informação que alguém tinha sido baleado. Morreram duas pessoas no local”, afirmou um porta-voz da polícia.


Segundo o Sidney Morning Herald, uma fonte da polícia disse que os agentes já estavam preparados para um ataque porque tinham havido rumores de um possível atentado esta semana. De acordo com a mesma fonte, todos os agentes foram avisados para estarem sempre com as armas carregadas.

A polícia chegou ao local depois de algumas chamadas para os serviços de emergência, que alertavam para um homem que estaria a disparar indiscriminadamente contra as pessoas na rua.

Algumas testemunhas no local afirmaram ter visto um homem com um fato preto, que carregava uma arma na mão e gritava antes de disparar. Depois do primeiro tiro ser ouvido, foi avistado um homem estendido no chão.

Foram ouvidos cerca de sete ou oito tiros.

Já foram partilhados alguns vídeos na Internet que mostram o momento.




O ataque vitimou duas pessoas: uma que estava a sair do trabalho e que se encontrava junto da esquadra e um polícia.

A polícia continua com as buscas para tentar encontrar o autor do tiroteio, que fugiu depois dos agentes responderem ao ataque.