Dois homens foram detidos em Sydney, na Austrália, por suspeitas de preparem um ataque terrorista na terça-feira. 

Omar Al-Kutobi e Mohammad Kiad estariam a «preparar um ataque terrorista na Austrália», de acordo com a comissária da polícia de Nova Gales do Sul, Catherine Burn, em conferência de imprensa esta quarta-feira e que a CNN cita.

A chefe da polícia fez saber que na terça-feira foram apreendidos num subúrbio da cidade vários objetos, como «um vídeo, uma bandeira, um machado e uma faca» pelo menos. Segundo a Associated Press, não foi divulgada a totalidade do vídeo, mas, nele, um dos homens fazia ameaças junto a uma bandeira do Estado Islâmico.

Os homens, de 24 e 25 anos, foram detidos sem fiança e serão presentes a tribunal na quinta-feira.
 
«Estamos atentos, temos meios e agimos. É o que a comunidade espera de nós e é assim que nós vamos agir», disse a comissária da polícia. Uma mensagem para tranquilizar a população depois de, em dezembro de 2014, um sequestro num café daquela cidade, que durou várias horas ter feito três mortes e elevado o alerta de terrorismo no país. 

A AP recorda que há pelo menos 90 australianos a combaterem pelo Estado Islâmico na Síria e no Iraque e estão identificados mais 140 que suspeitos de apoiarem o grupo no país.