O navio australiano "Aurora Australis" ficou encalhado na Antártida, na quarta-feira, por causa do mau tempo, com 68 pessoas a bordo. 

Durante a madrugada desta sexta-feira foi iniciado o processo de resgate, tendo 37 passageiros sido retirados logo no início. O restantes ficaram na embarcação para soltar o navio das rochas, tendo saído logo após este ter sido desencalhado.

Os cabos que prendiam a embarcação soltaram-se no momento em que esta foi atingida pelo nevão. Apesar de o navio ter sofrido danos no casco, Nick Gales, diretor da Divisão Australiana da Antártida (Australian Antarctic Divison - AAD), garantiu à comunicação social que o barco foi construído para este tipo de situações - não existindo qualquer risco de derrame de óleo - e que reunia as condições necessárias para os passageiros estarem confortáveis e seguros. 

 

 

 

No momento do acidente, o navio tinha agendado a recolha de investigadores na estação de pesquisa "Davis".