A polícia indiana deteve o líder do principal partido da oposição, Bharatiya Janata, pelo seu alegado papel no homicídio de um ativista anti-corrupção, informaram esta quarta-feira as autoridades locais.

Dinu Bogha Solanki foi detido por alegadamente ter conspirado para matar Amit Jethwa, de 34 anos, que procurava expor uma atividade mineira ilegal no Estado indiano de Gujarat.

Jethwa, que acusou Solanki de estar envolvido em atividades mineiras ilegais em Gujarat, foi morto em 2010 a tiro por dois indivíduos que dispararam a partir de uma moto em Ahmedabad.