O diretor nacional adjunto de Impostos de Moçambique, Moisés Marrime, foi ferido a tiro por desconhecidos à porta da sua casa, nos arredores de Maputo, indicou esta quinta-feira o porta-voz da polícia moçambicana na capital, Orlando Mudumane.

Segundo Mudumane, citado pelo jornal Notícias, o diário de maior circulação em Moçambique, Marrime foi ferido por balas na coluna e no braço, quando se preparava para estacionar a viatura em que seguia na sua residência, no Bairro das Mahoras, subúrbios de Maputo.

Há quatro anos, homens desconhecidos mataram o diretor de Investigação, Auditoria e Informação da Autoridade Tributária (AT), entidade responsável pela coleta de impostos em Moçambique, Orlando José, à entrada da sua casa no Bairro do Zimpeto, arredores de Maputo.