Foram divulgadas novas imagens, de câmaras de segurança, do acidente com um aparelho da Boeing 777, em Julho passado no aeroporto de São Francisco. Morreram três pessoas e 180 ficaram feridas.

A National Transportation Safety Board (NTSB), entidade responsável por investigar os acidentes de aviação nos Estados Unidos, começou esta quarta-feira as audições públicas relativas ao acidente da companhia aérea Asiana Airlines. Nas audições foram reveladas novas e arrepiantes imagens do acidente.

Na altura, falou-se sobre a possibilidade do piloto do aparelho ter tido responsabilidade no sucedido. As primeiras conclusões da investigação inicial indicaram que o avião estava muito lento e voava demasiado baixo na altura da aterragem, pelo que os pilotos ainda tentaram levantá-lo a apenas 1,5 segundos do impacto na pista.

Já ouvido pela NTSB, o próprio piloto admitiu «falta de confiança» no momento da aterragem porque o sistema de aterragem automática estava com problemas. Sabe-se também que um dos oficiais presentes no cokpit fez vários avisos de que o aparelho estava a descer demasiado depressa.