Um avião da EasyJet teve de fazer uma aterragem de emergência, esta sexta-feira, em Veneza, Itália. Coube ao copiloto executar a manobra, depois do comandante ter desmaiado durante o voo.

O piloto do voo, que efetuava a travessia entre Londres e Creta, perdeu os sentidos durante a viagem, obrigando a uma aterragem de emergência.

O copiloto agiu conforme os procedimentos de emergência e assumiu o comando do avião, depois de colocar uma máscara de oxigénio ao colega desmaiado.

O aeroporto de Marco Polo, em Veneza, foi contactado para que fosse possível proceder à aterragem.

Bombeiros e serviços de emergência, incluindo polícia e ambulâncias, foram mobilizados, para assegurar a segurança da tripulação e dos passageiros caso a aterragem não corresse como planeado.

A bordo do voo estavam 170 passageiros. Não houve registo de qualquer ferimento.