Pelo menos 41 pessoas morreram, entre elas 24 elementos do grupo Estado Islâmico (EI) em ataques suicidas, bombardeamentos e confrontos na província de Al Anbar, oeste do Iraque, indicou hoje fonte das forças de segurança iraquianas.

Citada pela agência espanhola EFE, a fonte refere que entre as vítimas mortais figuram também oito membros do exército e da polícia locais, bem como 15 civis feridos, quando uma motocicleta conduzida por um terrorista suicida se fez explodir contra um grupo de forças governamentais próximo da Ponte da Palestina, a norte da cidade de Ramadi.

Por outro lado, as tropas iraquianas conseguiram neutralizar e abater a tiro outro terrorista suicida, que também conduzia uma motocicleta armadilhada com explosivos.