Um cidadão belga, de origem marroquina, suspeito de escolher os alvos dos atentados de Paris, foi detido na Turquia. A informação é avançada pelos órgãos de informação turcos, que adiantam ainda de outros dois suspeitos, dois sírios, também foram detidos por alegado auxílio aos ataques.  
 
De acordo com a agência de notícias Dogan, citada pelos meios de comunicação britânicos, o suspeito de escolher os alvos era um homem de 26 anos. Estava num hotel de luxo da cidade Antalya.
 
Os outros dos suspeitos foram detidos numa operação de trânsito, nas imediações da mesma cidade. Teriam sido mandados pelo Estado Islâmico na Síria para garantirem a travessia da fronteira em segurança pelo primeiro suspeito. Quando foram detidos iriam ao seu encontro.
 
Além destes três detidos, a Turquia deportou um grupo de marroquinos detidos no principal aeroporto de Istambul na última semana. Teriam ligações ao estado Islâmico.
 
Os oito suspeitos asseguram que vieram de Casablanca para Istambul para umas férias. Foram interrogados pela polícia aduaneira e por peritos que os consideraram suspeitos de ligação ao grupo terrorista.