Um vídeo captado durante os atentados de 13 de novembro mostrou ao mundo os momentos de pânico vividos na sala de concertos do Bataclan. Nas imagens podem ver-se corpos a serem arrastados, pessoas a correr e aos gritos e, entre o caos, uma mulher grávida pendurada numa janela. Agora, essa mulher, usou as redes sociais para agradecer ao homem que a salvou.

O mundo assistiu aterrorizado às imagens da grávida, que sobreviveu ao incidente, porque foi ajudada por um homem que a ajudou a trepar a janela. A mulher, no entanto, prefere ficar no anonimato.

Foi Frans Torreele, um amigo da mulher, a assegurar que a amiga está bem e que não houve nenhum problema com a gravidez. Contudo, o que realmente queria era encontrar o herói que a salvou, para poder agradecer-lhe.
 

“Queria agradecer a todas as pessoas que a ajudaram, especialmente ao homem que parou por alguns segundos durante a fuga, para estender-lhe a mão e ajudá-la a subir”, disse, ao Huffington Post.


Para tal, fizeram um anúncio no Twitter, mas, como “ela mesmo não pode fazê-lo para não se expor, porque está grávida”, foi Frans que serviu de intermediário.
 

“A mulher que estava grávida e que todos puderam ver no vídeo, pendurada numa das janelas do Bataclan e que estava a pedir ajuda, quer encontrar o homem que a ajudou a subir (e que, ao mesmo tempo, a salvou). Apenas para dizer ‘obrigada’. Se têm os seus dados ou o nome, entrem em contacto comigo, por favor”.

 


A mensagem foi partilhada quase duas mil vezes e, através dela, a mulher pôde encontrá-lo.

O herói, que prefere manter-se no anonimato, já entrou em contacto com a grávida. De acordo com o amigo da mesma, “ele também está bem”.
 

“Ela foi salva por uma sucessão de pequenos gestos e atenções. Num momento de loucura total, esses gestos minúsculos conseguiram grandes coisas. Apenas somos capazes de imaginar até que ponto uma mão estendida ou uma palmada no ombro podem salvar alguém. E essa pessoas merecem um agradecimento, um abraço”.


Esta foi apenas uma das várias histórias dos heróis do dia 13 de novembro que chegou a público. Muitas pessoas também já se serviram das redes sociais para agradecer-lhes.