O número de ataques racistas ou de caráter religioso na Escócia aumentou depois dos atentados de Paris. A conclusão é da polícia escocesa.

O diretor-adjunto da polícia escocesa, Iain Livingstone, anunciou esta sexta-feira que as autoridades registaram 64 incidentes só esta semana.

“Lamento anunciar que, depois dos atentados de Paris, na sexta-feira passada, foram reportados 64 ataques com motivações racistas e religiosas.”


De acordo com a mesma nota, foram já instaurados 40 processos judiciais.

Os ataques em Paris ocorreram há uma semana. Os atentados, que provocaram 130 mortos, foram reivindicados pelos jihadistas do Estado Islâmico.