Um camião carregado de explosivos, conduzido por um atacante suicida, embateu esta segunda-feira contra um posto policial, perto de Cabul, causando a morte a quatro agentes e ferimentos a outras 17 pessoas, indicaram as autoridades afegãs.

Os talibãs reivindicaram a autoria do atentado que teve lugar no distrito de Nerkh, na província de Wardak, a sudoeste da capital afegã.

O suicida fez detonar o pequeno camião carregado de explosivos na entrada da sede da polícia, numa altura em que os fiéis se reuniam junto à mesquita da base policial para as orações matinais.

Quatro polícias morreram e pelo menos 17 outras pessoas, incluindo o chefe da polícia distrital, Abdul Ghafour, sofreram ferimentos, disse o governador do distrito, Mohammad Hanif Hanifi à AFP, indicando que existem quatro feridos com gravidade.