Kristen Crouch, uma americana natural de Dallas tem razões para agradecer ao destino. Em menos de duas semanas, a jovem viu-se obrigada a ativar o aviso do Facebook que envia uma mensagem para todos os seus seguidores, mostrando que o titular da conta se encontrava a salvo. A americana viajou até Nice para estar presente no casamento de uma amiga, mas os festejos do Dia da Bastilha mudaram-lhe os planos.

Crouch contou ao canal de televisão CBS que ouviu “duas buzinadelas” antes de ver as pessoas a começarem a correr e a gritar. A jovem e os amigos abrigaram-se num apartamento nas imediações do Passeio dos Ingleses e escaparam ilesos ao atropelamento em série. Momentos depois do ataque, Kristen ativou a função “check-in”, que permitiu aos familiares e amigos saberem que a jovem se encontrava a salvo.

É muito triste quando foste marcada com “salva” duas vezes, no Facebook, na última semana. Não deveríamos viver num mundo como este”, lamentou a jovem.

Uma semana antes do fatídico atentado de Nice, Kristen estava na sua cidade-natal, Dallas, quando um homem abriu fogo contra agentes policiais no final de uma manifestação pacífica contra a descriminação racial.

A jovem a relatou que até ouvir as duas buzinadelas, não reparou em nada que parecesse fora do normal.

Pensava que era fogo-de-artifício. Não pensei em nada mais sobre esse facto. Mas, de repente, as pessoas começaram todas a correr na direção oposta, a falar francês e a gritar”, relatou Kristen.

Quando tudo ficou mais calmo, Kristen e os amigos regressaram ao hotel e trancaram a porta do quarto, sem intenções regressar ao local do massacre. A jovem acrescentou que a ela e ao seu grupo só resta “agradecer a Deus” por terem saído ilesos do ataque.