O porta-voz do porta-voz do autoproclamado Estado Islâmico, Abou Mohamed al-Adnani, instou no sábado os seus seguidores a perpetrarem mais atentados no Ocidente, especialmente na Europa e Estados Unidos, no âmbito do mês sagrado do Ramadão, que começa em junho.

Numa mensagem cuja veracidade não foi confirmada, al-Adnani afirmou que “é melhor e mais útil atacar civis”, acrescentando que no Ocidente “não há inocentes”.

Na mensagem, de 31 minutos de duração, difundida através das redes sociais, o porta-voz do grupo extremista defende que qualquer ataque, por pequeno que seja, em casa do inimigo, é melhor do que um de grande dimensão nos territórios que controlam.

Barack Obama e Iraque: trabalho conjunto contra EI

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, falou no sábado ao telefone com o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi, sobre os avanços na “luta comum” contra o grupo radical Estado Islâmico.

Obama reiterou o apoio às forças de segurança iraquianas e sublinhou que tanto os Estados Unidos como os seus parceiros da coligação internacional contra o Estado Islâmico vão continuar a ter um papel chave na sua formação, informou no sábado a Casa Branca em comunicado.

Ambos os líderes concordaram na “importância de melhorar a segurança de Bagdad e a zona internacional”, de acordo com as agências.