Alguns tropas nigerianos foram esta terça-feira ataxados por alegados membros do grupo extremista islâmico Boko Haram, avança a AFP.

Recorde-se que o Boko haram é o grupo radical islâmico responsável pelo rapto de mais de 200 raparigas, que agora volta a atacar noutras frentes.

Os homens armados abriram fogo sobre um comboio militar, ferindo quatro soldados, no estado de Kogi, no centro da Nigéria, segundo as informações de fonte militar.

O comboio transportava 850 soldados, integrantes de duas formações militares que vinham da cidade de Benin (sul) e que tinham como destino a Lokoja, capital do estado de Kogi, nota a Lusa. O comboio caiu numa emboscada no domingo à noite, perto da cidade de Okene.

Os soldados responderam ao ataque e os quatro militares feridos foram levados para um hospital em Lokoja.