Seis escolas ficaram total ou parcialmente destruídas no sul da Tailândia devido a incêndios provocados por, segundo a polícia, alegados membros rebeldes muçulmanos, revelou a imprensa local.

Os ataques ocorreram de madrugada em cinco centros do distrito de Thung Yang Daeng e outro no distrito de Mayo, todos eles na província de Pattani.

Todos os colégios ficaram completamente destruídos e as aulas foram suspensas, exceto num deles em que os residentes nas imediações conseguiram extinguir o fogo.