Pelo menos duas pessoas morreram e seis ficaram feridas este domingo num ataque com uma arma de fogo junto de uma estação de comboios em Jerusalém.

De acordo com a polícia, um homem abriu fogo em direção às pessoas que estavam na rua, tendo fugido em seguida para um bairro palestiniano.

O atirador, um palestiniano de 39 anos, já foi identificado pelas autoridades.

A área foi vedada e as ligações ferroviárias interrompidas.

O Hamas, o movimento radical palestiniano que controla a faixa de Gaza, já elogiou o ataque, afirmando que se trata de uma “resposta natural aos crimes de ocupação”, referindo-se à ocupação israelita do território.