A Força Aérea israelita atacou na madrugada deste domingo um alvo militar do movimento islâmico Hamas em Gaza, após uma explosão na zona fronteiriça na tarde de sábado que não provocou feridos.

Na resposta aos artefactos explosivos colocados perto das redes de segurança, aviões da Força Aérea israelita atacaram um alvo militar pertencente à organização terrorista Hamas no centro da Faixa de Gaza”, anuncia um comunicado militar.

No mesmo comunicado, é assegurado que o Exército vai continuar “a operar com todos os seus meios à sua disposição para garantir a segurança dos civis israelitas” e responsabiliza o Hamas “por tudo o que acontece na Faixa de Gaza”.

Na tarde de sábado, tanques do Exército israelita dispararam contra um posto de observação do movimento palestiniano no norte do enclave após uma explosão ocorrida pouco antes. Nestes incidentes não foi relatada a existência de vítimas

Nas últimas semanas, têm aumentado este tipo de ações violentas.

Na quinta-feira, vários artefactos explodiram a norte da fronteira de Gaza com Israel, um ataque retaliado pelo Exército israelita posteriormente contra as infraestruturas do movimento Hamas.

Israel, que tal como os Estados Unidos e a União Europeia, considera o Hamas uma organização terrorista, mantém o enclave sob bloqueio.

Israel e o grupo islâmico mantêm um cessar-fogo desde 2014, que tem sido quebrado por ataques pontuais de Gaza, aos quais Israel responde com represálias contra infraestruturas militares.