Os EUA estão a preparar um ataque preventivo contra a Coreia do Norte, com armas convencionais, se esta avançar com testes de armas nucleares, noticiou a NBC News, citando “múltiplos funcionários seniores dos serviços de informações”.

A informação foi avançada pela estação na sua página na internet, num texto onde acrescenta que a Coreia do Norte já avisou que “um grande acontecimento” estava para acontecer em breve.

Esta expressão foi interpretada como sendo um anúncio de proximidade de um teste nuclear, que poderia ocorrer inclusive este fim-de-semana, ainda segundo a NBC. É que, por ocasião das celebrações do nascimento do pai da pátria, os norte-coreanos costumam fazer testes nucleares.

Uma notícia que surge numa altura em que a cresce a tensão entre Estados Unidos e Coreia do Norte e agora também o Japão, que com a iminência do sexto teste nuclear de Pyongyang, decidiu enviar vários navios para a península da Coreia, para onde os Estados Unidos já tinham mobilizado um porta-aviões.

Entretanto, em entrevista exclusiva à Associated Press, o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano disse  que a situação na península coreana está num “círculo vicioso” e que os comentários “agressivos” do presidente dos EUA no Twitter estão “a causar problemas”.

Han Song Ryol reforçou que que não é a Coreia do Norte, mas sim os Estados Unidos e o presidente Donald Trump que estão "a causar problemas".

Trump está sempre a fazer provocações com as suas palavras agressivas (...) Não é a Coreia do Norte, são os Estados Unidos e Trump que estão a causar problemas", disse.

Declarações que surgem em paralelo com outro pico de tensão, depois de, esta quinta-feira, o presidente norte-americano, Donald Trump ter afirmado que deu “total autorização” às Forças Armadas para que utilizassem a chamada “mãe de todas as bombas” no ataque a uma base do grupo extremista Estado Islâmico no leste do Afeganistão.

Os Estados Unidos lançaram, pela primeira vez em combate, a gigantesca bomba GBU-43, o engenho explosivo não-nuclear de maiores dimensões do arsenal norte-americano.