Soldados belgas abateram a tiro um homem que os tentou atacar com uma arma branca, confirmou o centro anti-terrorismo belga.

O homem terá, alegadamente, gritado "Alá é grande" antes de atacar o grupo de soldados.

Dois militares ficaram feridos.

O homem ficou ferido e chegou a ser transportado para o hospital, mas faleceu entretanto.

O incidente está a ser tratado como um ato terrorista.

Segundo a RTBF, o atacante era de origem somali, de 30 anos.

O ataque ocorreu no bairro Emile-Jacqmain cerca das 21:00 locais (20:00 em Lisboa).

A polícia belga montou um perímetro alargado de segurança e já informou que a situação está "sob controlo".