tirou a vida a 38 pessoasHá também uma portuguesa entre as vítimas







Milhares de turistas estrangeiros também deixaram a Tunísia







verdadeiros heróis