Uma mulher, com reconhecidos problemas mentais, fez-se hoje explodir, matando pelo menos 14 pessoas num concorrido mercado localizado no nordeste da Nigéria, na cidade de Damaturu, segundo testemunhas e uma fonte hospitalar citadas pela agência noticiosa AFP.

“Retirámos 15 corpos, incluindo o da bombista suicida que foi identificada como uma mulher identificada como tendo problemas mentais há vários anos”, afirmou Garba Abdullahi, um comerciante local.

Uma enfermeira do hospital da cidade acrescentou que o incidente causou ainda 47 feridos, na sua maioria em estado grave.